O que fazer para aumentar o pênis – 5 técnicas que iram te ajudar

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A grande maioria dos homens modernos, desejam ou já desejaram ter o pênis maior. A autoestima masculina, não é um assunto a ser debatido com frequência. Entre os homens, esse tema gera muito preconceito, principalmente quando uma característica física mexe de forma negativa com seu emocional.

Em uma roda de amigos, o tamanho do pênis com certeza não será uma conversa natural, ainda existem muitos tabus. Para muitos, quanto maior a dimensão de seu órgão, maior será sua masculinidade. Fazendo com que o assunto mais pesquisado seja, o que fazer para aumentar o tamanho do pênis.

Essa apreensão persegue o público masculino há tempos. Acredita-se que a pornografia é a grande culpada, exigindo o tamanho ideal. Sabemos que, no universo de filmes pornôs, a grande maioria dos atores são escolhidos principalmente pelo tamanho do pênis. Portanto, todos aprovados estão fora dos padrões de normalidade dos brasileiros.

Porém, o que muitos não sabem é que existem técnicas de filmagem como, o ângulo, a depilação utilizada, edições de imagem, entre outras, que dão efeito de aumento.

Estudos mostram que, o tamanho considerado normal entre os brasileiros é de 15,75 cm quando ereto. Porém, uma pesquisa realizada em Londres com 15 mil homens, mostrou que o tamanho do pênis está em torno de 13 cm ereto.

Influências no tamanho

Existem alguns fatores que vão influenciar diretamente no tamanho do pênis. Existem estudos publicados afirmando que quanto mais alto for o homem, maior será seu órgão genital. Porém, para comprovar esses estudos seria necessário aprofundar mais as pesquisas.

O tamanho do pênis sofre sim uma influência genética, assim como qualquer parte do corpo humano. Sabe-se que seu desenvolvimento ocorre durante a puberdade, atingindo seu tamanho máximo aos 19 anos, o qual irá permanecer até o fim da vida.

Sua redução pode estar relacionada com doenças endocrinológicas, como alterações da hipófise, hipotálamo, traumas, diminuição na produção de hormônios, entre outras. O estresse também pode estar relacionado, pois afeta diretamente na produção hormonal.

Muitos desconhecem o que fazer para aumentar o pênis, pois o seu principal estímulo de crescimento é a elevação das taxas de testosterona no sangue. Hormônio produzido pelos testículos, e qualquer problema existente, principalmente na puberdade, interfere no seu tamanho.

Doenças infecciosas como caxumba, podem afetar diretamente os testículos, assim como a desnutrição e a obesidade no período da puberdade. Todas essas causas afetam diretamente na produção de testosterona, e como consequência no tamanho do pênis.

Passado o período da juventude já na fase adulta, existem doenças que podem causar o encurtamento do membro. Peyronie é uma patologia que causa uma fibrose nos corpos cavernosos. Sua instalação nos cilindros que constitui o órgão, causa deformidades, e encurtamento.

E claro, não podemos esquecer do uso de esteroides anabolizantes. Quando utilizado sem acompanhamento médico, podem inibir a produção de testosterona, afetando de forma negativa o membro.

Dentre todos esses fatores citados que influenciam no tamanho, o que fazer para aumentar o tamanho do pênis? Para isso é imprescindível manter hábitos de vida saudável, prática de atividade física, alimentação balanceada, e controle de peso.

 Além de evitar doenças que vão afetar diretamente o tamanho do órgão, adotando um novo estilo de vida, o homem poderá manter-se sexualmente ativo por anos. 

Opinião das mulheres sobre o tamanho do pênis

Existem estudos comprovando que a maior preocupação do tamanho do pênis é somente dos homens. Em sua grande maioria, as mulheres dizem preferir alguns centímetros menores.

Enquanto umas dizem se sentir incomodadas durante a penetração, outras fantasiam um órgão sexual grande para satisfazer seus desejos.

A título de curiosidade, uma vagina tem em média 10 cm de profundidade. Claro que, assim como os homens, esse número pode sofrer alterações por diversos fatores. Durante o ato sexual, a genitália feminina dilata e muitas relatam desconforto. Em contrapartida, para outras o membro grande pode acoplar perfeitamente, aumentando o prazer.

Podemos perceber que a opinião delas é diversificada, e a grande maioria não possui interesse no assunto sobre o que fazer para aumentar o pênis. Uma dica infalível é, investir nas preliminares, existem diversas formas de dar e receber prazer. Na hora H, o importante é deixar a imaginação fluir, tirar o foco do pênis poderá trazer ótimos resultados.

Relação sexual e tamanho do pênis

O sexo é um momento de receber e dar prazer. Durante a penetração, independente do tamanho do órgão, o homem deve ser cauteloso e descobrir a intensidade que sua parceira deseja.

As posições realizadas, podem auxiliar para atingir o ponto G. Para aqueles que possuem o pênis maior, devem ficar atentos quanto a isso, evitando desconfortos. Uma boa dica é a posição de lado, pois a penetração não é profunda, proporcionando o máximo de prazer.

Quando a mulher opta em ficar por cima do homem, ela pode controlar a intensidade e o quanto será introduzido. O importante é cada um conhecer seu próprio corpo, e seus limites.

Claro, existem diversas maneiras de sentir prazer, independente do tamanho do pênis, cada pessoa é diferente e possuem gostos desiguais.

Um ponto que vale ser ressaltado é que a vagina, nem sempre será estimulada com penetrações muito profundas. Portanto, todos os tipos e tamanhos de pênis, são ideais para satisfazer suas parceiras.

5 técnicas para aumentar o tamanho do pênis

Se chegou até aqui, você pode fazer parte do time que está insatisfeito com o tamanho de seu membro. Pensando nisso, aqui vão 5 dicas infalíveis para descobrir o que fazer para aumentar o tamanho do pênis.

Bombas Penianas

Este é um acessório que pode auxiliar a melhorar o tamanho, e a função do órgão sexual. Existem estudos que comprovam a eficácia das bombas penianas para reabilitação da função sexual, principalmente da impotência.

Seu mecanismo de funcionamento é a vacuoterapia, indicada para prevenção da atrofia peniana, estimulando a ereção de forma mecânica. Além de ser muito indicada para impotência, também é utilizada em pós-operatório, e em pacientes com dificuldades de ereção.

Durante seu período de uso, o paciente pode sim esperar um aumento do pênis, além de melhorar a qualidade da ereção. Porém deve ser utilizada da maneira correta, para conseguir potencializar o resultado.

No mercado existem dois tipos de dispositivo, a bomba manual e a automática. Na manual existe um cilindro, parecido com uma pera, o qual irá produzir o vácuo. O homem irá acoplar seu pênis dentro do acessório e friccionar a bomba.

No dispositivo automático, existe um botão o qual irá produzir e retirar o vácuo do acessório. Antes de introduzir o membro em qualquer bomba, é necessário utilizar gel lubrificante, evitando danos na pele.

Ambas irão estimular a circulação sanguínea local, dilatando os vasos, tecidos, e como consequência a ereção.

Exercícios de Jelqing

Mais conhecido como ordenha peniana, seu objetivo é esticar o sulco coronal, região entre a cabeça e o corpo do pênis. Os movimentos consistem em estender o pênis da base para a glande, realizando uma ordenha manual.

Técnica muito utilizada por Fisioterapeutas no pós-operatório de cirurgia de próstata. O tecido do pênis é formado de colágeno e elastina, quando estimulado e tracionado, utilizando óleo lubrificantes, você poderá ver bons resultados.

Para realizar o exercício, junte seu dedo polegar com indicador, utilize gel para lubrificar, e com uma mão segure a base do pênis. Após segurar, deslize a outra mão na direção da glande, volte para o início e repita por 20 vezes.

Extensor Peniano

Aparelho muito vendido em loja de produtos eróticos, e consiste em um dispositivo que irá tracionar o pênis. O próprio usuário irá fazer os ajustes, puxando suas hastes, com a intenção de alongar o membro.

Existem estudos publicados comprovando sua eficácia, podendo ser observado um aumento de 1,2 cm do órgão nos primeiros 3 meses de uso. O segredo para obter bons resultados, é fazer uso diário, máximo de 6 horas, por pelo menos 30 dias.

Vale ressaltar alguns cuidados que devem ser tomados, o primeiro deles é não dormir com o aparelho. Não pode ser utilizado por mais de 6 horas, pois pode causar danos no tecido. Durante essas 6 horas, o paciente deverá ir retirando a cada 2 horas, e aguardar 30 minutos de descanso. Desta forma, irá evitar uma isquemia, redução do fluxo sanguíneo da glande.

Gel para aumento

Sua base de funcionamento são os vasodilatadores, uma medicação para retenção de líquido local. Após absorvido pelo pênis, irá fazer com que ele aumente de tamanho e dilate temporariamente.

No mercado existem diversos tipos de produto, cabe a cada pessoa verificar qual deles é o melhor, e mais adequado para garantir bons resultados.

Botox

Um produto muito utilizado para aumento peniano é o botox, o mesmo utilizado por dermatologistas para tratamentos estéticos. Existem no pênis uma musculatura lisa, que são responsáveis pela produção de colágeno e elastina. E quando aplicado o produto nessa camada muscular, o pênis não irá retrair como de costume.

Conclusão

Alguns homens modernos, vaidosos, e que preocupam com sua aparência física, gostariam de ter um pênis maior. Pensando nisso, foram listadas 5 dicas infalíveis, para eles descobrirem o que fazer para aumentar o pênis.

Assim sendo, vale a pena conferir cada dica cuidadosamente, avaliar juntamente com um profissional na área, qual a mais indicada para o seu caso.

Dr. Carlos Nóbrega

Dr. Carlos Nóbrega

Veja Também

Deixe um comentário