Ejaculação Precoce – Conheça as causas e 5 tratamentos eficazes

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

A Ejaculação Precoce é um transtorno que afeta alguns indivíduos do sexo masculino. Consiste na ejaculação antecipada, ou seja, o homem tem um orgasmo logo após a penetração. Ou até mesmo antes que a relação sexual aconteça, durante as preliminares.

Muito comum entre adolescentes, porém homens já na fase adulta também podem sofrer desse transtorno. Essa condição, muitas vezes está associada com fatores emocionais, podendo ser revertida com tratamentos apropriados.

Durante a puberdade, ocorrem alterações hormonais, fazendo com que o homem se sinta mais excitável. Além disso, nessa fase existem fatores como o medo de não surpreender na hora H, a ansiedade, entre outros.

Essa falta de controle da ejaculação, pode muitas vezes prejudicar a vida de um casal. Com técnicas de psicoterapia, e comportamentais o homem poderá ser treinado em perceber o seu nível de excitação. Isso poderá ser feito através do toque, como por exemplo a masturbação.

Em alguns casos é necessário fazer uso de medicamentos para melhora, além dos exercícios. Porém, o indicado é procurar ajuda médica, identificar a causa, e fazer o tratamento mais adequado.

Principais causas da Ejaculação Precoce

Existem algumas causas que são as principais causadoras da Ejaculação Precoce. Sabe-se que a ejaculação é controlada pelo Sistema Nervoso Central, através de dois componentes, o somático (voluntário) e o simpático (involuntário).

Além disso, existe o esfíncter uretral externo (músculo que controla a urina), que irá desempenhar um papel importante no processo. Quando criança, todos aprendem como controlar a urina, segurar e soltar. Ou seja, aprendemos como contrair o esfíncter externo e relaxá-lo.

O mesmo esfíncter é usado durante a ejaculação, ele relaxa quando o homem está nervoso causando o orgasmo rápido. Isso ocorre devido aos fatores psicológicos, como estresse, e ansiedade.

Existem as causas físicas, como a hipersensibilidade da glande, mais conhecida como a cabeça do pênis. Quando isso ocorre, o homem terá uma ejaculação com um simples estímulo no local. Além dessas causas, outras podem causar, como uso de certos tipos de medicamentos. Porém, a principal delas é o estado emocional do paciente.

5 principais tratamentos para Ejaculação Precoce

Existem alguns tratamentos que são muito eficazes para Ejaculação Precoce, porém vale ressaltar que é imprescindível uma opinião médica. Vamos listar os 5 mais importantes deles nesse artigo.

1-  Técnica de compressão

Nesse tipo de tratamento o homem poderá reconhecer as sensações que vão surgir antes do orgasmo, e como controlá-las. Técnica de fácil execução, podendo ser feita pelo próprio paciente.

Consiste em estimular o pênis através da masturbação, ou com a relação sexual. No momento que o homem sentir que terá uma ejaculação, parar e começar a comprimir a cabeça do órgão. Basta posicionar o polegar na parte inferior da cabeça do pênis, e com o dedo indicador e médio segurar pressionando por cima por 3 a 4 segundos.

Repetir a técnica no máximo 5 vezes, o treino irá facilitar para melhora do problema.

2-  Dessensibilização

Uma técnica mais simples, porém, nem todos os resultados serão iguais. O homem deverá realizar uma masturbação antes de ter relação sexual. Dessa forma, ele estará menos sensível e poderá levar mais tempo para chegar até o orgasmo. Além disso, poderá utilizar o preservativo, pois o mesmo reduz a sensibilidade do pênis.

3-  Exercícios de Kegel

Esses exercícios vão permitir um fortalecimento de toda musculatura do assoalho pélvico. Dessa forma, o homem poderá ter mais controle de sua ejaculação. Para melhor resultado, é importante que seja feito às vezes ao dia.

Quando for urinar, solte o jato de urina e prenda em seguida. Assim você saberá qual músculo deverá contrair, depois poderá fazer ao longo do dia. Basta contrair e relaxar a musculatura, 10 séries com 10 contrações.

4-  Anestésico tópico

Existem pomadas com lidocaína, e benzocaína, que quando utilizadas podem diminuir a sensibilidade do pênis. Fazendo com que aumente a duração das relações sexuais, sem que ocorra a ejaculação precoce. Porém, esse tipo de produto deverá ser indicado pelo médico.

Deverá ser aplicado com 10 ou 15 minutos de antecedência, para um melhor efeito. Mesmo que seja ótimo para retardar a ejaculação, muitos relatam ter diminuição do prazer. Portanto, deverá ser utilizado com cautela, e se for realmente necessário.

5-  Técnica Start- Stop

Técnica muito utilizada, e irá auxiliar o homem retardar a ejaculação. Consiste em realizar masturbação com as mãos secas, fazendo 3 movimentos e parando por 3 segundos. E assim repetir por 10 vezes, tentando não atingir o orgasmo. Conseguindo realizar 3 movimentos com facilidade, aumente para 5 e assim sucessivamente.

Conclusão

Como podemos observar, a ejaculação precoce pode atingir os homens em qualquer idade. Fatores psicológicos são as principais causas desse problema. Quando a pessoa notar que algo está diferente, o médico deverá ser consultado imediatamente. Após avaliação ele indicará qual o tratamento mais adequado para o caso.

Dr. Carlos Nóbrega

Dr. Carlos Nóbrega

Veja Também

Deixe um comentário