Como acabar com a ejaculação precoce – 5 maneiras para acabar de uma vez por todas

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Como acabar com a ejaculação precoce é a dúvida de milhares de homens que sofrem desse problema. Atualmente vivemos tempos perigosos, onde o estresse e a ansiedade fazem parte da nossa rotina, afetando diretamente em nossa saúde como um todo.

Sabe-se que a ejaculação precoce é quando o homem tem um orgasmo antes do tempo. Não conseguindo manter uma relação sexual, e não satisfazendo sua parceira por completo. Com isso, outros fatores poderão ser prejudicados, como baixa autoestima, e inclusive uma separação.

Claro que as pessoas não marcam o tempo que conseguiram chegar ao orgasmo, porém ficam em dúvida se chegou rápido demais. Segundo a Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) essa é a condição para saber se você sofre, ou não do problema.

Existem várias causas para o problema, muitas associadas a fatores psicológicos, e físicos. Podem ser tratadas com medicamentos, terapia, exercícios, todos com indicação médica. Somente ele saberá qual o melhor tratamento seguir. O grande objetivo desse artigo é listar 5 maneiras para driblar esse problema.

Tudo sobre ejaculação precoce

Podemos afirmar que ejaculação precoce, é quando o homem atinge o ponto máximo de excitação rapidamente. Segundo um médico Urologista, 90% dos homens com esse tipo de problema, chegam ao orgasmo com 1 minuto após penetração.

Existem algumas causas que são as principais causadoras da Ejaculação Precoce. Sabe-se que a ejaculação é controlada pelo Sistema Nervoso Central, através de dois componentes, o somático (voluntário) e o simpático (involuntário).

Além disso, existe o esfíncter uretral externo (músculo que controla a urina), que irá desempenhar um papel importante no processo. Quando criança, todos aprendem como controlar a urina, segurar e soltar. Ou seja, aprendemos como contrair o esfíncter externo e relaxá-lo.

O mesmo esfíncter é usado durante a ejaculação, ele relaxa quando o homem está nervoso causando o orgasmo rápido. Isso ocorre devido aos fatores psicológicos, como estresse, e ansiedade.

Existem as causas físicas, como a hipersensibilidade da glande, mais conhecida como a cabeça do pênis. Quando isso ocorre, o homem terá uma ejaculação com um simples estímulo no local. Além dessas causas, outras podem causar, como uso de certos tipos de medicamentos. Porém, a principal delas é o estado emocional do paciente.

Agora que você já conhece algumas causas que podem acabar com esse problema, vamos saber como acabar com a ejaculação precoce.

Como funciona o tratamento para ejaculação precoce

O tratamento correto é a melhor forma de tratar a ejaculação precoce. Ele pode ser dividido em duas partes, psicológica e utilização de medicamentos. A grande incidência, é que a causa seja psicológica. Para isso é necessário melhorar a ansiedade, propor mudanças no estilo de vida do casal, inclusive propor terapia para o casal.

Para o tratamento com medicamentos, o médico poderá indicar inibidores seletivos de recaptação de serotonina. Além de anestésicos tópicos para reduzir a sensibilidade do pênis, permitindo mais tempo de relação.

Claro que existem casos onde a pessoa já possui uma predisposição em desenvolver o problema. Aqueles que possuem uma instabilidade mental, emocional, portadores de esclerose múltipla, aqueles que se acostumaram com uma rapidinha.

Toda técnica utilizada para reduzir a ansiedade antes do sexo, será válida para o tratamento eficaz da ejaculação precoce. Uma dica é pensar em outras coisas que não seja sobre isso, tentar relaxar no momento e aproveitar ao máximo.

5 Maneiras de como acabar com a ejaculação precoce

Após aprofundar nossos conhecimentos sobre os assuntos, vamos desvendar 5 maneiras de como acabar com a ejaculação precoce de uma vez por todas. Vale ressaltar que as dicas não dispensam uma opinião médica, somente ele saberá o melhor para seu caso.

1 –  Dessensibilização

Uma técnica mais simples, porém, nem todos os resultados serão iguais. O homem deverá realizar uma masturbação antes de ter relação sexual. Dessa forma, ele estará menos sensível e poderá levar mais tempo para chegar até o orgasmo. Além disso, poderá utilizar o preservativo, pois o mesmo reduz a sensibilidade do pênis.

2 –  Exercícios de Kegel

Esses exercícios vão permitir um fortalecimento de toda musculatura do assoalho pélvico. Dessa forma, o homem poderá ter mais controle de sua ejaculação. Para melhor resultado, é importante que seja feito às vezes ao dia.

Quando for urinar, solte o jato de urina e prenda em seguida. Assim você saberá qual músculo deverá contrair, depois poderá fazer ao longo do dia. Basta contrair e relaxar a musculatura, 10 séries com 10 contrações.

3 –  Técnica de compressão

Nesse tipo de tratamento o homem poderá reconhecer as sensações que vão surgir antes do orgasmo, e como controlá-las. Técnica de fácil execução, podendo ser feita pelo próprio paciente.

Consiste em estimular o pênis através da masturbação, ou com a relação sexual. No momento que o homem sentir que terá uma ejaculação, parar e começar a comprimir a cabeça do órgão. Basta posicionar o polegar na parte inferior da cabeça do pênis, e com o dedo indicador e médio segurar pressionando por cima por 3 a 4 segundos.

Repetir a técnica no máximo 5 vezes, o treino irá facilitar para melhora do problema.

4 –  Técnica Start- Stop

Técnica muito utilizada, e irá auxiliar o homem retardar a ejaculação. Consiste em realizar masturbação com as mãos secas, fazendo 3 movimentos e parando por 3 segundos. E assim repetir por 10 vezes, tentando não atingir o orgasmo. Conseguindo realizar 3 movimentos com facilidade, aumente para 5 e assim sucessivamente. 

5 –  Anestésico tópico

Existem pomadas com lidocaína, e benzocaína, que quando utilizadas podem diminuir a sensibilidade do pênis. Fazendo com que aumente a duração das relações sexuais, sem que ocorra a ejaculação precoce. Porém, esse tipo de produto deverá ser indicado pelo médico.

Deverá ser aplicado com 10 ou 15 minutos de antecedência, para um melhor efeito. Mesmo que seja ótimo para retardar a ejaculação, muitos relatam ter diminuição do prazer. Portanto, deverá ser utilizado com cautela, e se for realmente necessário.

Dr. Carlos Nóbrega

Dr. Carlos Nóbrega

Veja Também

Deixe um comentário