As 5 principais causas da disfunção erétil

Share on facebook
Facebook
Share on google
Google+
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn

Já não é mais segredo, o quanto os homens sofrem de preocupação devido ao tamanho, e a capacidade de seu pênis permanece ereto. Sabemos que com o passar dos anos, a tendência é que grande parte da população sofra com disfunção erétil.

O homem é um grande símbolo de virilidade, e muitos acreditam que quanto maior o seu genital, e maior sua potência, mais viril será. Devido a isso, vários laboratórios oferecem medicamentos que prometem aumento do seu membro, e maior potência na hora H.

Disfunção erétil causas podem ser diversas, o grande objetivo desse texto é listar as 5 mais importantes e mais sofridas pelos homens. A grande maioria deles sofrem muita pressão para manter-se ativo sexualmente para a vida toda. Podendo afetar psicologicamente, e agravando ainda mais o problema, visto que nenhum deles estarão livres disso.

Falando em números, estima-se que 40% dos homens acima de 40 anos já apresentam essa disfunção, e 70% são acima de 70 anos. Esses dados foram colhidos pela Sociedade Brasileira de Urologia.

Tudo sobre disfunção erétil

Entende -se por Disfunção erétil, quando o pênis não consegue permanecer ereto para manter uma relação sexual. Muitos desconhecem que, para dar início a ereção, o cérebro irá receber um estímulo. Após esse estímulo, uma resposta será enviada para os nervos sensitivos, o qual irá dar um sinal para o pênis.

Desta maneira, começa processo, a circulação sanguínea no pênis aumenta, enchendo os corpos cavernosos, e esponjosos. Fazendo o membro se alongar, e permanecer ereto durante a relação.

Ele ficará rígido até o momento da ejaculação, o sangue ficará em uma espécie de válvula. Quando ocorre a ejaculação, a válvula se abre, a circulação sanguínea irá diminuir, e o pênis retorna para seu formato inicial.

O pênis é composto por músculos lisos, e vasos sanguíneos.Esses músculos não são controlados voluntariamente, necessitando de estímulo para que ocorra o funcionamento. As causas  são diversas, seu tratamento vai depender do que deu início ao caso.

Existem 3 tipos delas, orgânica, psicogênica e mista. Sendo a orgânica mais comum em homens acima de 40 anos, com causas físicas. Psicogênica, encontra-se em pessoas que apresentam ansiedade, depressão, estresse, entre outros. E mista, quando envolve um pouco dos outros dois tipos.

Tratamentos mais indicados

Sabemos que com o avanço da tecnologia, novos tratamentos foram surgindo. Porém existem alguns que são mais indicados, e vão depender de cada caso também.

As bombas a vácuo são muito indicadas por médicos especialistas, ela fará uma sucção no pênis. Funciona por um sistema chamado vacuoterapia, fazendo aumentar a circulação local.

Os medicamentos, são considerados os mais eficazes para disfunção erétil causas diversas. Podendo ser tomados horas antes das relações, ou fazer uso diário.

Ótimo produto, a grande maioria deles foi desenvolvido com substâncias naturais. Seu funcionamento é semelhante ao medicamento, irá aumentar a circulação local.

Spray irá aumentar o fluxo sanguíneo local, logo após que o homem tenha um estímulo sexual. Aplicando o produto, ele levará em média 30 minutos para fazer efeito.

Além de auxiliar na disfunção erétil causas falta de potência, é muito benéfico para aqueles que sofrem de ejaculação precoce. Grande aliado dos homens que pretendem dar uma apimentada na relação.

Disfunção erétil causas principais

Vamos listar as 5 principais disfunções erétil causas, e mostrar o que pode prejudicar e acelerar para que esse processo ocorra.

1-  Idade

Não é segredo que quanto mais velho, mais chances de desenvolver a disfunção. Considerado um dos mais importantes fatores de risco, o pênis com o passar dos anos vai perdendo sua capacidade de ereção. Além de diminuir os níveis de testosterona, hormônio principal para que todo processo aconteça.

2-  Problemas emocionais

O emocional também irá contribuir para que isso aconteça, principalmente quando o homem é mais jovem. Pois, em momentos de ansiedade e estresse, o corpo libera adrenalina, o que faz diminuir o calibre dos vasos sanguíneos. Com isso, a circulação sanguínea do pênis é afetada, prejudicando sua ereção.

3-  Doenças pré-existentes

Hipertensão e diabetes, são causas importantes que vão afetar a saúde do pênis. Elas provocam o enrijecimento das paredes dos vasos sanguíneos. Com isso, terá uma interferência na quantidade de sangue que chegará ao membro. Qualquer problema de circulação também pode causar.

4-  Cigarro e álcool

Tanto um quanto o outro, vão deprimir o sistema nervoso, provocando um relaxamento de toda a musculatura do corpo, inclusive das partes sexuais. Dessa maneira, irá impedir que a ereção ocorra, ou que permaneça, por falta de contração muscular.

5-  Traumas no pênis

Provavelmente você já deve conhecer sobre a quebra do pênis, isso é muito comum de acontecer, por mais estranho que pareça ser. Geralmente, eles ocorrem durante uma relação sexual, onde os corpos cavernosos estão muito irrigados, tornando o órgão duro.

Ele poderá quebrar, semelhante ao tronco de uma árvore, danificando os tecidos internos do pênis. Dessa maneira, poderá impedir que outras ereções aconteçam.

Conclusão

Falamos sobre as 5 disfunções erétil causas mais prováveis de acontecer. Vale ressaltar que existem outras diversas, e muitas vezes o tratamento será acabar com a causa inicial. Sejam eles psicológicos, medicamentosos, ou até mesmo cirúrgicos, o importante é buscar auxílio médico para qualquer caso.

Não deixe de realizar o que for necessário para ter uma vida sexual saudável, pois ela será uma das principais bases para seu bem-estar.

Dr. Carlos Nóbrega

Dr. Carlos Nóbrega

Veja Também

Deixe um comentário